terça-feira, 29 de novembro de 2011

Desintoxicar e perder calorias

Olá, que todos estejam cheios de amor e muito animados para o Natal que está chegando.
       Pensando na comilança das comemorações do final de ano que começam já já, pensei em pesquisar uma dica para cuidar da saúde e forma de todos. De tudo que li, nos últimos tempos, o que mais me passou confiança foi esta, pois a nutricionista Elizabete tem trabalhos publicados e esta sopa também é utilizada para pessoas que necessitam fazer cirurgia e  desintoxicar para que ela se realize. Então faça esta dieta agora, na primeira semana de dezembro para poder aproveitar as festas sem culpa.


Sopa básica para queimar calorias e desintoxicar
Nutricionista Elizabete Presa

Alimentação Básica: = SOPA

Ingredientes:
1 1/2 litros de água
1 maço de aipos ou salsão
4 tomates
1 pimentão ( pode ser o vermelho)
1 maços de cebolinha
2 xícaras de vagem
1 berinjela grande
1 nabo grande (o de bolinha)
3 cenoura medias
3 xícaras de repolho picado
1 colher de azeite
2 cubos de caldo de galinha light
1 cebola picadinha
2 dentes de alho picado


       Observação: Faça a sopa da maneira tradicional cozinhando todos os ingredientes, não precisa temperar, os 2 cubinhos de caldo light já é o tempero. 
Esta sopa deve ser tomada sempre que sentir fome, em qualquer horário. Quanto mais se come, mais se perde peso, devido à queima de calorias. Quando sair de casa, leve-a dentro de um recipiente que poderá aquecer. Relembrando que a sopa pode ser ingerida quantas vezes  por dia você quiser.


Acompanhamentos:

1- Dia - Todas as Frutas exceto banana.
No primeiro dia, tome a sopa pelo menos 3 vez e coma frutas o quanto desejar, de preferência para melão e melancia, que possuem menos calorias.

2- Dia
 - Todos os Legumes
Coma legumes de sua preferência, crus ou cozidos. Batata somente à noite, uma grande com manteiga, se desejar. Não use grãos. Legumes folhosos são necessários beba Sopa pelo menos uma vez ao dia. Não use frutas neste dia.

3- Dia -
 Frutas e Legumes
Coma frutas e legumes quanto desejar. Não coma batata. Tome Sopa pelo menos uma vez durante o dia até 3 vezes pode ser. Obs: Se você tiver seguindo as indicações, no terceiro dia terá perdido 2,300kg a 3,200kg.

4- Dia
 - Bananas e Leite Desnatado
Coma ate 08 (oito) bananas e beba tantos copos de leite desnatado desejar. Tome a Sopa pelo menos uma vez por dia.Bananas e leite possuem calorias, carboidratos, potássio, proteínas e cálcio, que o seu corpo esta precisando neste dia particular de deita. A banana e o leite diminuem o desejo de consumir açúcar.

5- Dia
 - Bife e Tomates
Você pode comer 200 a 400 gramas do bife grelhado, junto com um copo de tomates frescos e firmes. Tome Sopa pelo menos uma vez ao dia. Tente beber de seis a oito copos de água durante o dia, para eliminar o acido úrico do organismo.

6- Dia -
 Bife e Legumes
Coma bife grelhado (ate três bifes grandes) e legumes em quantidade razoável, coma uma batata cozida. Tome a Sopa pelo menos uma vez por dia.

7- Dia
 - Arroz, Frutas e Legumes.
Coma Arroz (integral é opcional), frutas ou suco sem açúcar e legumes a vontades. Tome a Sopa pelo menos uma vez no dia.

       Orientações: Ao final de sete dias, se a dieta não tiver sido fraudada, você terá perdido entre 4,500 a 7,500kg dependendo do seu organismo.
O plano de 7 dias pode ser usado com a freqüência que você quiser mas com pausas. Se seguido corretamente, tem como objetivo limpar o organismo de impurezas e dar um sentido de bem estar. 
Ampare-se com água ou chá sem açúcar, suco de uva e leite desnatado somente nos dias permitidos. Esta dieta rápida queima gordura e calorias.
       IMPORTANTE: Não é permitido beber nenhuma bebida alcoólica e nenhuma bebida carbonatada, nem mesmo refrigerante diet, light ou zero ou outras bebidas dietéticas em nenhum momento do regime por causa da remoção do desenvolvimento de gordura em seu sistema. Se quiser beber saia do regime 48 horas antes de ingerir álcool.


Beijinhos
          Inaiê

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Jornal e revistas

      Olá!    Boa noite a todos .  


        Hoje vou colocar aqui uma solicitação de uma amiga.


        Jornais e revistas são matérias primas simples e interessantes, com eles você pode criar diversos tipos de utensílios e objetos de decoração, neste post vamos falar um pouco desta técnica que é super prática e podemos produzir com facilidade peças lindíssimas com crianças ou mesmo com os mais experientes.

Veja algum as peças de decoração feitas por Aneli e sua família do Ansil Art.


Estes cestos eu mesma produzi com alguns alunos de 10 anos.

       Bom, vamos ver como tudo se inicia.

       Existem 4 modelos de canudos que se diferenciam na grossura e tamanho que vão ficar, eles podem ser realizados tanto em jornal como em revistas.
Canudo nº1
1 – Dobre a folha em 3 partes e corte nos vincos que formou;
2 – Com o auxílio de um palito, comece a fazer o canudo;
3 – Enrole até o final e para finalizar passe cola na ponta.


Canudo nº2
1 – Corte uma folha de jornal ao meio;
2 – Pegue um palito de churrasco e enrole o papel, que deve ficar bem justo no palito. Para finalizar passe a cola na ponta.


Canudo nº3
1 – Pegue uma página dupla de jornal e enrole;
2 – Para finalizar passe cola na ponta.

Canudos nº4
1 – Dobre a folha de jornal, faça um quadrado e corte-o;
2 – Enrole a folha e cole a sua ponta.

       Dicas para impermeabilizar jornais e revistas
Cola preparada: misture uma medida qualquer de cola (rótulo azul) com a mesma medida de água, mexendo bem e passe na peça inteira. A boa impermeabilização permite um bom trabalho.
Tinta látex preparada: para 400ml de tinta látex branca use 4 colheres (sopa) de cola Cascorez (rótulo azul) e 1 colher (sopa) de óleo de cozinha.
Fonte: AncorArte

Uma peça bem fácil de fazer é suporte de panela, veja abaixo:
Observação: para colar a figura do guardanapo é só sobrepor sobre o trabalho e passar a termolina por cima do desenho, não passe a termolina  na parte de baixo da figura.

Receita de termolina
                     2 medidas de cola branca
                     1 medida de água
                     1/2 medida de álcool



Agora mãos à obra.

       Veja mais alguns objetos que arquitetos estão usando como peça de decoração.



       Que a semana seja repleta de realizações e que os astros gerem energias vigorosas cheias de luz violeta.
                            Beijinhos
                                       Inaiê

domingo, 20 de novembro de 2011

Decoração em chinelos

Olá, como vão todos? Que a semana seja repleta de luz e muita energia.  


       Estes dias que estive sem net, testei como fazer decoupage de tecido em chinelo, com esta cola específica, pode ficar tranquilo que não solta, deixei dentro da água por 12 horas e continuou coladinho, perfeito. Então vamos ao passo a passo.


Material Usado:
- 01 chinelo de borracha
- 20 cm de tecido de algodão estampado
- flor de fuxico, pedrarias ou broche para bijuteria ou flor
- 05 metros de fita de cetim nº 1(só para enrolar na correia) ou 15 m de fita nº 0 (para fazer a correia revestida com macramê)
- cola para decoupage exterior Mural
- cola de contato
- verniz chinelo da glitter
- pincel
- tesoura
- lixa de unha
- alicate de ponta

Passo 1 = Com ajuda de um alicate retire a correia do chinelo.

Passo 2 = Espalhe a cola para decoupage exterior Mural por toda a superfície do chinelo tomando o cuidado para não deixar escorrer nas laterais.

Passo 3 = Coloque o tecido escolhido sobre o chinelo bem esticado e passe a mão com cuidado.

 Passo 4 = Espere uns 3 minutos, é o tempo para fazer o passo 3 no outro pé e passe uma de cola para decoupage exterior Mural sobre o tecido. Espere 6 horas e repita o processo passando a segunda mão da cola sobre o tecido.  Espere duas horas e passe o verniz chinelo. A secagem total é de 72 horas para poder usar o chinelo. Você pode ir dando prosseguimento ao trabalho após 24 horas

Passo 5 = Ponha um pingo de cola de contato na tira próximo ao botão que fixa a tira no solado e em outros pontos da tira fixe a fita nº 1 e vá enrolando na correia do chinelo, lembre-se que no final também é necessário ter a cola de contato. Se preferir fazer o macramê, use a fita nº 0 e siga os passos que estão no vídeo.

video

Passo 6 = Depois de 24 horas, já quase seco, corte as sobras com a tesoura e se ficar algum lugar que não ficou bem rente, lixe com a parte grossa da lixa de unha sempre passando a lixa em direção do solado do chinelo.

Passo 8 = E com ajuda do alicate coloque a correia novamente no lugar.

Passo 9 = Finalize com uma flor de fuxico do tecido, um pingente ou broche a gosto.





 Passo 10 = E seu chinelo está pronto. Abuse da criatividade e faça com outras cores de tecidos, chinelos, flores ou pingente. E seu chinelo será exclusivo, nunca existirá outro igual.


Uma semana com muito sol e amor para todos!



                        Beijinhos   
                               Inaiê  


sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Pintura em MDF (madeira)

      
       Para termos um bom acabamento é imprescindível queimarmos a peça.
       Ninguém vai colocar fogo na peça, por favor. Queimar é o termo que usamos em artesanato para dizer que impermeabilizamos a peça.
       Depois de limpar bem a peça de MDF tirando qualquer resíduo de pó, queimamos a peça para fechar os "poros" da madeira e diminuirmos a absorção da tinta ou facilitar a colagem que será feito na mesma, o que causa um melhor acabamento.

       Eu utilizo três opções para fazer essa queima:
  •  cores escuras, queimo a peça com duas demãos de goma laca indiana;
  •  cores claras, queimo a peça com base para artesanato;
  •  lugar que faço mosaico, queimo com cola branca forte.

       Depois de impermeabilizar a peça, o que chamamos de queimar, você dará uma lixadinha com lixa fininha, bem de leve, só para tirar as imperfeições e depois pinte na cor desejada - dependendo da cobertura da tinta use de 1 a 3 demãos. Pode usar tinta pva ou acrílica de parede com pigmento líquido "xadrez" fazendo suas próprias cores, pode também usar tinta acrílica fosca ou brilhante - se usar a brilhante não precisa do verniz porque ela é brilhante justamente por já conter verniz; pode também usar até tinta para tela acrílica misturada com um pouquinho de água que tem uma excelente cobertura. O que manda é a queima (impermeabilização) da peça que fará total diferença no seu acabamento!!!
       Outra coisa, onde você usa cola pra queimar, não deve lixar este lugar pois ela é usada para auxiliar a aderência do que será colado neste local: pastilha, azulejo ou pequenas peças.
       Quanto ao verniz, também pode usar o de sua preferência... Hoje existe até verniz a base de água que não possui cheiro e é atóxico. 
       Espero ter ajudado e me dê um retorno assim que concluir seu trabalho para sabermos como ficou o resultado ok!!!
      Beijinhos
Inaiê

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Dica$ para lucrar

Trabalhando em casa.
$uce$$o


Boa noite, espero que todos estejam bem e pensando como curtir o feriado que está chegando. Por favor, se puder, deixe um comentário, sobre as postagens ou o que gostaria de ver no blog.


      São 7 dicas para quem pretende ou já começou a trabalhar em casa com alguma atividade artesanal ou culinária e tem dúvidas de como obter uma boa renda com isso. Este foi o melhor texto que achei para postar para vocês.
Texto de: Sílvia Regina
Pesquise na vizinhança           
       Antes de oferecer seus produtos, faça uma pesquisa na vizinhança. ”Cada região permite um preço diferente”, explica Maria Lúcia da Silva, instrutora de cursos de gastronomia do Espaço Viver Casa e Gourmet, de São Paulo. Ela ensina que você nunca deve colocar um preço muito baixo só para vender mais. ”Quando você precisar subir esses valores, seus clientes vão reclamar”.
Receba salário       
       Dentre as despesas do seu novo negócio, lembre-se de colocar o seu salário. ”Imagine quanto você ganharia se trabalhasse meio período numa empresa. Esse valor deve ser retirado do seu caixa todo mês”, ensina um consultor do SEBRAE. Claro que no início você pode não conseguir, mas essa retirada deve fazer parte do seu planejamento.
Aprenda a colocar preço nos produtos   
       Para definir o preço do seu produto, avalie quanto você vai gastar com a compra de matéria-prima.
       Calcule, mesmo sem saber o valor exato, a eletricidade e o gás que serão usados, o preço das embalagens, e quanto você gasta de ônibus ou combustível para comprar a matéria-prima e fazer as entregas. Some tudo isso.
       Ao valor final, acrescente 100% a 200% – esse vai ser o lucro do produto.
       Por exemplo: você gastou R$ 60 com ingredientes, R$ 20 com despesas gerais (água, luz, gás) e R$ 10 com embalagem: o total é de R$ 90. Você sabe que, com esse material, consegue fazer 100 trufas – o custo é de R$ 0,90 cada. Agora, acrescente 200% sobre R$ 0,90 e você terá o valor final: R$ 2,70.
Saiba reinvestir no seu negócio  
       Para saber se as vendas são lucrativas, você deve somar tudo que conseguiu vender no mês. Do valor total, subtraia todas as despesas, inclusive o salário que você estipulou. Sobrou alguma grana? Esse é o lucro. Mas não pense que ele vai ficar na sua mão. Esse valor deve ser reinvestido no negócio, fazendo-o prosperar.
       Se a conta der negativa, é momento de reavaliar o seu trabalho. Verifique se o volume de vendas está adequado, se o público-alvo é o ideal e se a matéria-prima que você está comprando é muito cara. Não entre em dívidas. Se chegar à conclusão de que o negócio não vai dar certo, procure mudar de produto.
Capriche na embalagem    
       ”Não adianta fazer um bombom irresistível ou um sabonete cheiroso se eles estiverem mal embalados”, ensina Maria Lúcia. A finalização não torna o produto mais caro. Entre as opções baratinhas – e charmosas – há saquinhos de celofane, folhas de alumínio, caixinhas de papelão e saquinhos de tule. Você encontra tudo isso em lojas de artigos para festa ou artesanato. Uma boa apresentação é essencial para o sucesso.
Controle as vendas
       Tenha dois caderninhos. Em um, você deve anotar todas as suas vendas. Mesmo que o valor seja baixo, anote a data da venda, o que foi vendido (caso você faça mais de um tipo de produto), a quantidade e o valor total. No outro caderno faça o controle das despesas. Marque a data do que foi comprado, onde foi comprado e o valor da despesa. Ao final do mês, some os valores de cada um dos cadernos. Assim, você saberá exatamente quanto ganhou e o que foi gasto.
      Inaiê
Até mais...     

                    

domingo, 6 de novembro de 2011

Tecido = cuidados e acabamentos

       O acabamento é fundamental para uma peça perfeita, já dizia a Renata, uma grande mestra no artesanato e amiga que me ensinou muito. É necessário muita paciência e calma, nada de querer terminar o trabalho rapidinho, isto produz acabamentos malfeitos.



Ø  Mantenha as mãos sempre limpas, lave antes de iniciar o trabalho e, às vezes, até durante o mesmo, isso permitirá um trabalho limpo.

Ø  Escolha um lugar com boa iluminação para bordar, de preferência use luz fluorescente para não prejudicar sua vista.

Ø  Procure usar agulhas específicas para bordar, número 22 ou 24.
Ø  Sente-se de maneiras confortável para não prejudicar sua coluna. Isso vale até quando não estiver bordando. Pare a cada hora e de uma andadinha pela casa, vá regar uma planta ou mesmo tomar uma água.

Ø  Coloque uma almofada ou um pequeno travesseiro no colo para aproximar o bordado e apoiar suas mãos.

Ø  Não perca a agulha! Parece bobagem, mas alguém pode machucar-se com ela. Prenda-a sempre no pano em que está bordado ou num alfineteiro.

Ø  Se você quiser que a linha não dobre ao puxar do ponto, passe uma esponja úmida do começo ao fim da linha.

Ø  Não esqueça de passar sempre um alinhavo no tecido que cortou, evitando assim que ele desfie.
Ø  Use somente tecidos que não desbotem para realizar seu bordado ou aplicações.