quinta-feira, 31 de maio de 2012

Fuxico

       Olá, tudo de bom um passo a passo que pode ajudar a todos que desejam customizar  ou reaproveitar roupas.
       O fuxico é utilizado desde os tempos das nossas avós, vamos ver alguns tipo.
       
       Seguem os modelinhos mais usados.












 revista Arte Fácil - Fuxico

       Bem, fica aqui mais esta dica, são com estas florzinhas de fuxico que eu decoro as tiras das sandálias customizada com tecido.

Inaiê
      Dicas








domingo, 27 de maio de 2012

CONVITES FESTA JUNINA






Conteúdo pesquisado em:


Coleções pedagógicas

Revista so Professor Sassá, ano II, número 18

Especial Guia prático para professores, ensino fundamental/ Ed Infantil - Festa Junina


          Inaiê
                Dicas







CULINÁRIA FESTA JUNINA


PÉ DE MOLEQUE


Ingredientes:


3 xícaras de amendoim cru sem casca2 xícaras de açúcar 2 colheres (chá) de bicarbonato de sódio


Modo de Preparo:


Lave o amendoim e escorra. Coloque em uma panela o açúcar e os amendoins, misture bem e leve ao fogo misturando delicadamente. Quando o açúcar começar a ficar com um tom dourado, acrescente o bicarbonato. Retire do fogo e misture muito bem. Despeje em um tabuleiro untado e, assim que começar a endurecer, corte os quadradinhos de pé-de-moleque.


Cocada para o São João


Ingredientes


1 lata de leite condensado1 xícara de leite de vaca2 xícaras de açúcar1 coco ralado no ralo grosso, com a casca.


Modo de fazer


Leve ao fogo os ingredientes acima, mexendo bem para que não queimem. Quando aparecer o fundo da panela, desligue o fogo e bata bastante. Despeje no mármore e, depois de bem frio, corte as cocadinhas.

COMANDOS PARA A QUADRILHA


Os comandos mais utilizados são:

BALANCÊ (balancer) - Balançar o corpo no ritmo da música, marcando o passo, sem sair do lugar.É usado como um grito de incentivo e é repetido quase todas as vezes que termina um passo. Quando um comando é dado só para os cavalheiros, as damas permanecem no BALANCÊ. E vice-versa,

ANAVAN (en avant) - Avante, caminhar balançando os braços.
RETURNÊ (returner) - Voltar aos seus lugares.TUR (tour) - Dar uma volta: Com a mão direita, o cavalheiro abraça a cintura da dama. Ela coloca o braço esquerdo no ombro dele e dão um giro completo para a direita.Para acontecer a Dança é preciso seguir os seguintes Passos:

01. Forma-se uma fileira de damas e outra de cavalheiros. Uma, diante da outra, separadas por uma distância de 2,5m. Cada cavalheiro fica exatamente em frente à sua dama. Começa a música. BALANCÊ é o primeiro comando.

02. CUMPRIMENTO ÀS DAMAS OU "CAVALHEIROS CUMPRIMENTAR DAMAS" Os cavalheiros, balançando o corpo, caminham até as damas e cada um cumprimenta a sua parceira, com mesura, quase se ajoelhando em frente a ela.

03. CUMPRIMENTO AOS CAVALHEIROS OU "DAMAS CUMPRIMENTAR CAVALHEIROS" As damas, balançando o corpo, caminham até aos cavalheiros e cada uma cumprimenta o seu parceiro, com mesura, levantando levemente a barra da saia.

04. DAMAS E CAVALHEIROS TROCAR DE LADOOs cavalheiros dirigem-se para o centro. As damas fazem o mesmo. Com os braços levantados, giram pela direita e dirigem-se ao lado oposto. Os cavalheiros vão para o lugar antes ocupado pelas damas. E vice-versa,

05. PRIMEIRAS MARCAS AO CENTROAntes do início da quadrilha, os pares são marcados pelo no. 1 ou 2. Ao comando "Primeiras marcas ao centro , apenas ospares de vão ao centro, cumprimentam-se, voltam, os outros fazem o "passo no lugar . Estando no centro, ao ouvir o marcadorpedir balanceio ou giro, executar com o par da fileira oposta. Ouvindo "aos seus lugares , os pares de no. 1 voltam à posição anterior. Ao comando de "Segundas marcas ao centro , os pares de no. 2 fazem o mesmo.

06. GRANDE PASSEIOAs filas giram pela direita, se emendam em um grande círculo. Cada cavalheiro dá a mão direita à sua parceira. Os casais passeiam em um grande círculo, balançando os braços soltos para baixo, no ritmo da música.

07. TROCAR DE DAMACavalheiros à frente, ao lado da dama seguinte. O comando é repetido até que cada cavalheiro tenha passado por todas as damas e retornado para a sua parceira.

08. TROCAR DE CAVALHEIROO mesmo procedimento. Cada dama vai passar portadas os cavalheiros até ficar ao lado do seu parceiro.

09. O TÚNELOs casais, de mãos dados, vão andando em fila. Pára o casal da frente, levanta os braços, voltados para dentro, formando um arco. O segundo casal passa por baixo e levanta os braços em arco. O terceiro casal passa pelos dois e faz o mesmo. O procedimento se repete até que todos tenham passado pela ponte.

10. ANAVAN TURA doma e o cavalheiro dançam como no TUR. Após uma volta, a dama passa a dançar com o cavalheiro da frente. O comando é repetido até que cada dama tenha dançado com todos os cavalheiros e alcançado o seu parceiro.

11. CAMINHO DA ROÇADamas e cavalheiros formam uma só fila. Cada dama à frente do seu parceiro. Seguem na caminhada, braços livres,balançando. Fazem o BALANCË, andando sempre para a direita.

12. OLHA A COBRADamas e cavalheiros, que estavam andando para a direita, voltam-se e caminham em sentido contrário, evitando o perigo.Vários comandos são usados para este passo: "Olha a chuva , "Olha a inflação , Olha o assalto , "Olha o (cita-se o nome de um político impopular na região). A fileira deve ir deslizando como uma cobra pelo chão.

13. É MENTIRADamas e cavalheiros voltam a caminhar para a direita. Já passou o perigo. Era alarme falso.

14. CARACOLDamas e cavalheiros estão em uma única fileira. Ao ouvir o comando, o primeiro da fila começa a enrolar a fileira, como um caracol.

15. DESVIARÉ o palavra-chave para que o guia procure executar o caracol, ao contrário, até todos estarem em linha reta.

16. A GRANDE RODAA fila é único agora, saindo do caracol. Forma-se uma roda que se movimenta, sempre de mãos dados, à direita e à esquerdo como for pedido. Neste passo, temos evoluções. Ouvindo "Duas rodas, damas para o centro ; as mulheres vão ao centro, dão as mãos. Na marcação "Duas rodas, cavalheiros para dentro , acontece o inverso, As rodas obedecem ao comando,movimentando para a direita ou para esquerda. Se o pedido for "Damas à esquerda e "Cavalheiros à direita ou vice-versa, uma roda se desloca em sentido contrário à outra, seguindo o comando.

17. COROAR DAMASVolta-se à formação inicial das duas rodas, ficando as damos ao centro. Os cavalheiros, de mãos dados, erguem os braços sobre as cabeças das damas. Abaixam os braços, então, de mãos dados, enlaçando as damas pela cintura. Nesta posição, se deslocam para o lado que o marcador pedir.

18. COROAR CAVALHEIROSOs cavalheiros erguem os braços e, ao abaixar, soltam as mãos. Passam a manter os braços balançando, junto ao corpo. São as damas agora, que erguem os braços, de mãos dados, sobre a cabeça dos cavalheiros. Abaixam os braços, com as mãos dados, enlaçando os cavalheiros pela cintura. Se deslocam para o lado que o marcador pedir.

19. DUAS RODASAs damas levantam os braços, abaixando em seguida. Continuam de mãos dados, sem enlaçar os cavalheiros, mantendo a roda. A roda dos cavalheiros é também mantida. São novamente duas rodas, movimentando, os duos, no mesmo sentido ou não, segundo o comando. Até a contra-ordem!

20. REFORMAR A GRANDE RODAOs cavalheiros caminham de costas, se colocando entre os damas. Todos se dão as mãos. A roda gira para a direita ou para a esquerda, segundo o comando.

21. DESPEDIDA De um ponto escolhido da roda os pares se formam novamente, Em fila, saem no GALOPE, acenando para o público. A quadrilha está terminada. Nas Festas Juninas Mineiras, após o encerramento da quadrilha, os músicos continuam tocando e o espaço é liberado para os casais que queiram dançar.


          Inaiê
                Dicas

BRINCADEIRAS DE FESTA JUNINA


Corrida de sapatos

Os sapatos dos participantes da atividade são misturados e colocados a uma certa distância da linha de partida. Após o sinal, os jogadores devem ir pulando com o pé esquerdo até o local onde estão os sapatos estão, calçar e voltar ao ponto de partida. Os participantes que calçarem os sapatos errados ou trocados serão desclassificados. O jogo também pode ser realizado em equipes. A equipe que terminar de calçar os sapatos e voltar ao ponto de partida primeiro, vence o jogo.


Corrida do ovo
É estabelecido um ponto de partida e de chegada. Os participantes devem estar posicionados no ponto de partida. Eles receberão uma colher com um ovo. A colher é colocada na boca. Vence o participante que chegar ao final primeiro sem derrubar o ovo da colher.


CARRINHO DE MÃO
Traçam-se duas linhas paralelas a uma distância de cinco metros uma da outra: a linha de partida e a linha de chegada. Os jogadores formam duas fileiras, uma atrás da outra.A um primeiro sinal, os jogadores que estiverem na fileira da frente apóiam as mãos no solo, estendendo ao mesmo tempo as pernas para trás. Os jogadores da retaguarda elevam as pernas dos companheiros, ficando entre elas e segurando-as à altura do joelho. A um segundo sinal, os jogadores correm em direção à linha de chegada.Os jogadores que caírem durante a corrida serão desclassificados. Ganhará a dupla que alcançar primeiro a linha de chegada.
MAÇÃ NA TINA DE ÁGUA
Pega-se uma tina ou bacia de boca larga, coloca-se sobre uma superfície à altura da cintura, e enche-se de água. Colocam-se dentro algumas maçãs, para que fiquem boiando. Os jogadores precisam então, morder uma das maçãs sem a ajuda das mãos, que devem ser mantidas às costas. Quem conseguir morder a maçã ganha uma prenda.
DANÇA DA LARANJA
Formam-se os pares para a dança. Coloca-se uma laranja apoiada entre as testas dos dois integrantes de cada par. Ao começar a música, os pares devem dançar procurando ao mesmo tempo evitar que a laranja caia. É proibido usar as mãos para manter o equilíbrio. Se a laranja cair no chão, a dupla é desclassificada. A música deve prosseguir até que só reste um par com a laranja.


Acerte o chapéu
Encha três garrafas PETs com areia e coloque-as no chão. Desenhe uma linha, dois metros distante das garrafas, de onde os participantes terão que atirar os chapéus caipiras. Cada participante tem três tentativas.
Bigode do Caipira
É como a brincadeira de espetar o rabinho do burro, porém, para adaptá-la à festa junina, substitua o burrinho pela figura de um caipira que deve ter seu bigode recolocado.
Basta colar sobre uma lâmina de isopor o desenho do rosto de um caipira e fixar com alfinete um bigode de cartolina. O participante que colocar o bigode mais próximo do lugar correto é o vencedor, mas ele deve fazê-lo com uma venda nos olhos depois de ter dado pelo menos cinco voltas em torno de si mesmo. A brincadeira pode ser feita em duplas, um jogador tenta acertar o bigode, enquanto o outro lhe fornece as coordenadas, no período de três minutos.
Correio elegante


O correio elegante fica mais divertido quando as mensagens são anônimas, por isso é melhor que o carteiro elegante escreva a mensagem ditada pelo remetente. Se a pessoa que receber a mensagem descobrir quem foi que a enviou na primeira tentativa ganha uma maçã do amor ou uma prenda.





Além das tradicionais como tiro ao alvo, argolas, pescaria, correio elegante.


Conteúdo pesquisado em:


Coleções pedagógicas

Revista so Professor Sassá, ano II, número 18

Especial Guia prático para professores, ensino fundamental/ Ed Infantil - Festa Junina

BBel Um estilo de vida - UOL



          Inaiê
                Dicas

Músicas de Festa Junina



CAPELINHA DE MELÃO
autor: João de Barros e Adalberto Ribeiro
Capelinha de melãoé de São João.É de cravo, é de rosa, é de manjericão.São João está dormindo,não me ouve não.Acordai, acordai, acordai, João.Atirei rosas pelo caminho.A ventania veio e levou.Tu me fizeste com seus espinhos uma coroa de flor.
__________________________________________

PEDRO, ANTÔNIO E JOÃO

autor: Benedito Lacerda e Oswaldo Santiago

Com a filha de JoãoAntônio ia se casar,mas Pedro fugiu com a noivana hora de ir pro altar.A fogueira está queimando,o balão está subindo,Antônio estava chorandoe Pedro estava fugindo.E no fim dessa história,ao apagar-se a fogueira,João consolava Antônio,que caiu na bebedeira.
__________________________________________
BALÃOZINHO

Venha cá, meu  balãozinho.Diga aonde você vai.Vou subindo, vou pra longe, vou pra casa dos meus pais.Ah, ah, ah, mas que bobagem.Nunca vi balão ter pai.Fique quieto neste canto, e daí você não sai.Toda mata pega fogo.Passarinhos vão morrer.Se cair em nossas matas, o que pode acontecer.Já estou arrependido.Quanto mal faz um balão.Ficarei bem quietinho, amarrado num cordão.
__________________________________________
SONHO DE PAPEL

autor: Carlos Braga e Alberto Ribeiro

O balão vai subindo, vem caindo a garoa.O céu é tão lindo e a noite é tão boa.São João, São João!Acende a fogueira no meu coração.Sonho de papel a girar na escuridãosoltei em seu louvor no sonho multicor.Oh! Meu São João.Meu balão azul foi subindo devagarO vento que soprou meu sonho carregou.Nem vai mais voltar.
__________________________________________

PULA A FOGUEIRA

autor: João B. Filho

Pula a fogueira Iaiá, pula a fogueira Ioiô.Cuidado para não se queimar.Olha que a fogueira já queimou o meu amor.Nesta noite de festançatodos caem na dançaalegrando o coração.Foguetes, cantos e troca na cidade e na roçaem louvor a São João.Nesta noite de folguedotodos brincam sem medoa soltar seu pistolão.Morena flor do sertão, quero saber se tu ésdona do meu coração.
__________________________________________
CAI, CAI, BALÃO

Cai, cai, balão.Cai, cai, balão.Aqui na minha mão.Não vou lá, não vou lá, não vou lá.Tenho medo de apanhar.




Conteúdo pesquisado em:


Coleções pedagógicas

Revista so Professor Sassá, ano II, número 18

Especial Guia prático para professores, ensino fundamental/ Ed Infantil - Festa Junina



          Inaiê
                Dicas

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Olá, hoje os filhotinhos da Dafne completam 4 semanas. Vejam o vídeo que eu fiz.

video


          Inaiê
                Dicas

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Farinha de berinjela

        
       Olá, como vão? A gordura localizada na região abdominal é muito prejudicial para nossa saúde, então segue uma dica.


       Um estudo recente da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) mostrou que mulheres que consumiram esse alimento tiveram redução na gordura abdominal. A explicação é simples. “A farinha apresentou bons resultados em função de sua maior concentração de fibras”, afirma a nutricionista Glorimar Rosa, coordenadora da pesquisa em entrevista à revista SAÚDE!.



Como fazer farinha de berinjela – passo a passo :
Modo de Preparo :

Em uma tabuleiro, coloque 1 kg de berinjela com casca e cortada em fatias finas. Depois, leve ao forno a uma temperatura de 200º C por cerca de 2h15 ou até que o legume fique crocante e ressecado.
Em seguida retire do forno e triture a berinjela desidratada no liquidificador ou no processador, até virar pó.
O resultado deve ficar com aparência parecida da farinha de mandioca.

A receita acima rende: 100 g.

Armazenamento: guarde a farinha em um pote limpo, seco e bem vedado, em local arejado e longe da luz. A farinha de berinjela ainda pode ser guardada na geladeira se desejar.
Validade: cerca de um ano.

A farinha da beringela ela pode ser consumida com vitaminas ou sucos, acrescente uma colher de sobremesa , como no cafe da manhã ou nos intervalos das principais refeições.


A única ressalva é que, após a ingestão da farinha, há o aumento dos radicais livres no organismo – aquelas substâncias que destroem as células do corpo e aceleram o envelhecimento. Por esse motivo, os especialistas recomendam consumir, logo depois, uma fruta cítrica, rica em vitamina C (como laranja, limão, acerola, kiwi). Esse nutriente neutraliza o efeito destrutivo dessas moléculas oxidantes. Assim, evita o problema.

          Inaiê
                Dicas


sábado, 19 de maio de 2012

Diário da mamãe Dafne

Bom dia! Como todos já devem saber, minha York share, Dafne teve 3 lindos filhotinhos no dia 27 de abril de 2012. Nossa ... que sufoco, mas tudo correu bem. Precisei cortar o cordão umbilical do primeiro mas o segundo nasceu tranquilo. O terceiro a Dafne já estava cansada e precisei romper a bolsa, daí ela fez tudo sozinha.



No dia 2 de maio eles foram fazer a caudectomia, correu tudo bem.
A Dafne está se mostrando uma ótima mãe mas... estão acabando com ela, já perdeu muito pelo.

Hoje, 11 de maio os filhotes tomaram a primeira dosa do vermífugo,Drontal puppy e estão começando a abrir os olhinhos. Deverão ser vermifugados novamente no dia 25 de maio e 8 de junho.


15 de maio -  tiraram o ponto do rabinho, tiraram fotos com a veterinária Carol. Já abriram os olhos mas ainda ficam dormindo praticamente o tempo todo.

19 de maio - Já estão com os olhinhos bem abertos, começam a andar mais e firmam as patinhas, estão muito gorduchos e os pelos estão crescendo. Já tem carinha de York com as diferentes nuances de pelo.





                     Inaiê

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Fitas e tecidos = sandália customizadas

     Olá, sabem que amo artesanato e estive um pouquinho afastada porque minha cachorrinha teve cria e agora já posso retornar a rotina e fazer novamente o que gosto.


       Aqui algumas das sandálias que acabei de fazer, já ensinei o passo a passo em outra postagem, aproveitem os modelitos.







       Lembrem-se que a base é em tecido e as tiras de fita de cetim que dão um extremo conforto.




Inaiê
      Daniel



sexta-feira, 4 de maio de 2012

Importância da canela e Pavê de creme de ovos


       Pensando em uma sobremesa para o jantar da família, lembrei de uma que era feita na casa de minha avó, muito fácil e econômica e com um ingrediente vital para todo o ser humano, a canela. Abaixo explico todos os benefícios.


Pavê de creme de ovos
Ingredientes
  • 1 litro de leite (desnatado)
  • 6 colheres de açúcar (bem cheias)
  • 2 colheres das de chá de essência de baunilha
  • 10 gemas em temperatura ambiente
  • 4 colheres de sopa de maisena (rasa)
  • 1 pacote de bolacha Maria
  • 1 copo de conhaque, diluído em 1/2 copo de água com uma colher de chá de essência de baunilha.
  • Canela em pó e 2 ramas de canela pau (para decoração)

Variação:
Use essência de amêndoas em lugar da de baunilha



Modo de preparar

1- Coe as claras com um pouco de leite para tirar a película que envolve a gema.
2- Bata no liquidificador ou misture bem com um garfo, eu prefiro bater com o Mixer na panela que vai ao fogo, todos os ingredientes;

3- Leve ao fogo brando, mexendo sem parar até engrossar.

4- Após tirar do fogo, mexer algumas vezes durante o resfriamento, para que não se forme uma película mais seca na superfície do creme;

5- Monte em camadas em um pirex começando e terminando com camada de creme.
Molhe apenas um lado da bolacha no conhaque diluído e coloque esta parte para cima.
6- Polvilhe com canela, sem economia,  e decore com a canela em rama.

Coloque para gelar por 2 horas.

Abuse da CANELA, é a melhor especiaria disponível em termos de sua nutrição e saúde.

Tudo sobre a canela

       A canela é uma das especiarias mais velhas do mundo. A árvore é nativa do Sri Lanka onde foi achada há milhares de anos. Contém propriedade curativa que vem dos componentes ativos nos óleos essenciais achados no seu córtex. A canela tem atividade antioxidante extremamente alta devido a qual tem subsídios por doenças numerosas. Independentemente de ser utilizada como medicina por outras culturas desde épocas antigas, os subsídios por doença podem também ser ingerida como veremos a seguir


Tônico do cérebro:
       A canela impulsiona a atividade do cérebro e, portanto atua como bom tônico do cérebro. Ajuda na eliminação de perda nervosa da tensão.
Também, os estudos mostraram que cheirar canela pode impulsionar a função cognoscitiva da memória, o funcionamento de certas tarefas e aumenta a vigilância e concentração.

Infecções:
       Devido a suas propriedades antibacterianas, antivírus, anti parasitas e anticépticas, é eficaz em infecções externas e internas. A canela pode ser eficaz contra a candidíase, úlceras estomacais e principalmente piolhos.

Facilita ciclos da menstruação:
       A canela também é útil para a saúde das mulheres enquanto que ajuda no abastecimento de alívio de remover o obstáculo menstrual e de outros mal-estares femininos.

Amamentação:
       Também pode ajudar na secreção de leite materno.

Reduz dor das artrites:
       A especiaria da canela contém os compostos antiinflamatórios que podem ser úteis na redução da dor e da inflamação associados a artrites.

Tônico digestivo:
       A canela deve ser acrescentada na maioria das receitas. À parte da adição de sabor à comida, ela também ajuda na digestão. A canela é muito eficaz para a indigestão, a náusea, vômitos, o mal-estar estomacal, a diarreia e a flatulência. É muito útil na eliminação do gás do estômago e dos intestinos. Também tira acidez, diarreia e náuseas matinais. Refere-se como tônico digestivo.

Diminui o colesterol:
       Os estudos mostraram que meia porção de canela incluída em uma dieta diária pode diminuir o colesterol e as triglicérides.

Reduz níveis de açúcar no sangue e auxilia no tratamento da diabetes tipo 2:
       Vários estudos mostraram sensibilidade da insulina e controle melhorados da glicose no sangue são por causa da ingestão de meia canela por dia.

Doença cardíaca:
       A canela consolida o sistema cardiovascular de tal modo que blinda o corpo de desordens relacionadas ao coração. Acha-se que o cálcio e a fibra presentes em canela proporcionam a proteção contra doenças cardíacas.
Incluindo um pouco canela na comida ajuda aos que sofrem de doença da artéria coronária e da pressão arterial alta.
       Além disso, a combinação de cálcio e de fibra presentes na canela pode ajudar a não utilizar a bílis, que previne dano às células, assim previne o câncer de cólon.

Cáries:
       A canela se utilizou tradicionalmente para tratar dor de molares e para agir contra a má respiração. Os pequenos pedaços de canela se pode mastigar, ou gargarejar com água da canela que serve como bom inibidor de mau hálito.

Problemas respiratórios:
       O canela é remédio caseiro muito útil para os frios comuns ou severos. Quando em mau estado respiratório a pessoa deve tomar uma colher de sopa de mel com 1/4 pó da canela por 3 dias. Este processo curará a tosse mais crônica e os sintomas.
Canela também pode ajudar a curar a gripe.
Reduz infecções de vias urinárias:
Pessoas que comem a canela tem menor propensão a desenvolver infecções de vias urinárias. A canela é diurética de natureza e ajuda na secreção e na eliminação de a urina.

Ações anticoagulante:
       Um composto encontrado na canela chamado como cinamaldeído foi bem investigado para desvendar seus efeitos sobre as plaquetas do sangue. As plaquetas são os componentes do sangue que significam agrupar juntos sob circunstâncias de emergência (como a lesão física) que é uma maneira de parar de sangrar, mas sob circunstâncias normais, ela pode fazer o fluxo de sangue inadequado e se agrupar juntas. O cinamaldeído ajuda prevenir que a canela agrupe plaquetas de sangue.

Conservante natural da comida:
       Quando é acrescentado à comida, previne a proliferação e crescimento bacteriano na comida, fazendo-lhe de um conservante natural na comida.

Dores de cabeça e enxaqueca:
       A dor de cabeça devido à exposição ao vento frio é curado facilmente aplicando uma borracha fina da canela pulverizado misturado em água na testa.

A redução do sangue e melhora a circulação de sangue:
       A canela é um agente de redução do sangue que também atua para aumentar a circulação. Esta circulação de sangue ajuda na eliminação de dor. A boa circulação de sangue também assegura o abastecimento de oxigênio às células de corpo que levam a uma atividade metabólica mais alta. Mas deve-se tomar cuidado, pois consumir canela demais pode aumentar a pressão arterial.

       No entanto, há uma advertência a quem ingerir canela, deve ser feito em pequenas quantidades e não pode ser utilizada por mulheres grávidas.

       Não substitua nenhum medicamento pela canela, se utilizar faça como se fosse um complemento, aconselhamos que consulte seu médico.

Inaiê
      Dicas







quinta-feira, 3 de maio de 2012

Sentado no pneu, literalmente


Olá, meninas vejam que fácil de fazer e super decorativo.
 Pufe feito com pneus velhos
Inspire - se na dica do site Bem Simples, que ensina a fazer esse pufe de pneus, revestindo com tecido. Veja como é mesmo simples:
Material
  • 2 pneus de carro aro 13
  • Furadeira
  • Espuma fina de poliuretano de 1,00 x 1,75m
  • 3 parafusos
  • Feltro macio, plush ou outro tecido de 1,80 x 1,00 m
  • 6 arruelas de metal
  • Fleece (tecido de fibra térmica)
  • 3 porcas
  • Círculo de madeira prensada de 35 cm de diâmetro e 1 cm de espessura
  • Grampeador de parede
  • Papelão com 35,5 cm de diâmetro e 1 mm de espessura
  • Grampos
  • Cola universal ou cola de contato
  • Linha de algodão grossa
casa-como-fazer-puff-dois-pneus-01Prenda um pneu no outro internamente, fazendo três furos equidistantes com a furadeira nas laterais internas dos pneus de forma que os furos coincidam. Passe os parafusos e prenda com as porcas e arruelas.
casa-como-fazer-puff-dois-pneus-02-Envolva os pneus com a espuma e vire as sobras para o centro.Use a cola para fixar e depois grampeie por dentro, na parte inferior e na superior. Repita a operação com o tecido. Com a linha de algodão faça uma espécie de costura interna das bordas do revestimento, de alto a baixo para reforçar.
casa-como-fazer-puff-dois-pneus-03-Forre a madeira que servirá de assento com o fleece e depois  a espuma e cole virando as beiradas para o outro lado. Grampeie para deixar bem firme.Cubra com  mais uma camada de espuma e depois com o tecido e fixe da mesma forma. Dê acabamento colando no avesso o recorte de papelão.
casa-como-fazer-puff-dois-pneus-04Coloque o assento centralizando num dos orifícios do pneu e fixe com a cola universal.
O pufe não tem segredos, basta fazer todo o processo com capricho. Mas para deixá-lo especial a minha dica é usar tecidos legais que possam compor de um jeito alegre com os seus móveis. Que tal usar chitão, por exemplo? Ou retalhos, ou ainda cobrir com uma capa feita de flores em crochê? Nossa, pensei em mil idéias. E você? Me manda suas dicas.
Fonte : Bem Simples 


Inaiê
      Dicas